DESIGN UNIVERSAL e UPCYCLING: DOIS CONCEITOS QUE PODEM ANDAR JUNTOS!

Imagen relacionada

A ideia inicial do Design Universal nasceu depois da Revolução Industrial, quando acontece a reflexão sobre a massificação dos processos produtivos. Contudo, o termo foi fundamentado nos anos de 1960, no qual muitas  expressões foram empregadas com o sentido de design universal: projetar para todos, projetar para a longevidade, respeito pelas pessoas, design para a diversidade. Assim abe-se que, no Design Universal em lugar de concentrar os benefícios em apenas uma parte da população, tais conceitos expressam a noção de projetar para o maior número possível de pessoas. (CAMBIAGHI, 2007).

Aproximadamente três décadas depois, surgi o termo Upcycling, que foi usado pela primeira vez pelo ambientalista alemão Reine Pilz em 1994, quando propôs dar mais valor a produtos antigos ao invés de reciclá-los, e ressurgiu no livro “Cradle-to-Cradle” em 2002, quando os autores sugeriram evitar o desperdício de materiais ainda úteis criando novos objetos a partir deles.

É preciso repensar a forma com que tudo é fabricado, em vez de reduzir apenas o uso de um produto aparentemente nocivo. Assim a proposta do upcycling industrial, é transformar os resíduos descartados em outros produtos de melhor qualidade, com menos energia, água ou outros recursos no seu reprocessamento, para maximizar o ciclo de vida dos materiais. A proposta também pode ser desenvolvida não só com tecidos, mas também com as roupas e tecidos usados que são descartados pelas pessoas ou instituições. Vários criadores estão adotando o conceito do Upcycling e desenvolvendo peças únicas e contemporâneas.

Nos dias atuais, pensando nos dois conceitos juntos, falamos de uma moda inclusiva, universal, sustentável e muito responsável. Novos estudos, novas propostas para o futuro de possibilidades!

Resultado de imagen para Cradle to cradle. Criar e reciclar ilimitadamente

Pesquisas:

https://ggili.com/media/catalog/product/uploader/

http://www.yahz.com.br/2017/02/7-marcas-que-provam-que-berlim-e_17.html

http://www.redalyc.org/pdf/5140/514051622003.pdf

CAMBIAGH, Silvana. Desenho Universal: métodos e técnicas para arquitetos e urbanistas. São Paulo, Ed. Senac.2007.

Deixe uma resposta